Contrapoéticas

ADEMIR DEMARCHI
336 páginas, 2020
ISBN 978-65-990667-0-2

Coleção de ensaios e artigos de crítica literária do escritor e doutor em literatura Ademir Demarchi (Santos/SP), “Contrapoéticas” apresenta um vasto panorama da literatura brasileira contemporânea, incluindo autores como Ademir Assunção, Celso de Alencar e Joca Reiners Terron, lidos pelo editor das renomadas revistas “Babel” e “Babel Poética”. Um  destaque da obra é o ensaio sobre Arthur Bispo do Rosário, Estamira, Jardelina e Stela do Patrocínio.   

Ademir Demarchi nasceu em Maringá (PR), em 1960, e vive em Santos (SP). Cursou Letras-Francês (UEM), mestrado (UFSC) e doutorado (USP) em Literatura Brasileira. Publicou, entre outros, os livros de poemas “Louvores gozosos – iluminações profanas” (2020), “Gambiarra” (2018), “O amor é lindo” (2016), “Do sereno que enche o Ganges” (2007), “Passeios na floresta” (2007) e “Os mortos na sala de jantar” (2007), além da antologia poética “Pirão de sereia” (2012) e “Siri na lata” (2015), coletânea de crônicas escritas por oito anos. Editado também em livro no Peru e Paraguai, Demarchi mantém intenso trabalho como editor das revistas Babel (nove edições de 2000 a 2017) e Babel Poética (2011-2013) e do selo cartonero Sereia Ca(n)tadora e organizou os livros “101 Poetas: Antologia de experiências de escritas poéticas no Paraná do século XIX ao XX” (2014) e “Passagens: Antologia de Poetas Contemporâneos do Paraná” (2002).